quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Review: Gossip Girl 6x09 "The Revengers" [Penúltimo Episódio]

Olá pessoal, tudo okay?
Hoje vou fazer a review do episódio 9 da 6ª e ultima temporada de Gossip Girl. Este, que no caso é o penúltimo episódio da temporada... E da série!

Já posso dizer de imediato que eu gostei muito deste episódio. Que para mim, ficou no mesmo nível do 6x08. Tem toda aquela adrenalina dinâmica, tramas, armações, com clima das primeiras temporadas.

Quem aparece no episódio: Serena, Blair, Dan, Nate, Chuck, Ivy, Georgina, Sage, Bart, Capitão Archibald, a menina dos cavalos
Quem é mencionado no episódio: Dorota, Lily (que temos sua voz aparecendo), Rufus, Philip, William van der Woodsen (mencionado ocultamente pela Ivy)

Bem, os pontos altos do episódio: Esquema das "Blair Bitches", Serena e Blair chamando a Ivy de volta, Dan como aprendiz de Bart Bass, quase todos temendo Bart Bass, Serena perceber que o Upper East Side é tóxico, Georgina não ter medo do Bart Bass
Os pontos baixos: O foco ainda é na família Bass (pelo menos não foi entediante); por que Sabe ainda está lá?, Serena ainda quase sem foco


Começamos o episódio com um daqueles sonhos de premonição da Blair, em que ela via Bart tomando as rédeas da situação [Não vale muito falar disso, porque achei o sonho besta, mas gostei muito de reviverem este ato tão épico, que são os sonhos da Blair.].

Então vemos Chuck e Blair usando seus últimos esforços para ter algo contra o Bart.


Também temos o Dan, em companhia da Georgina. Ele está comprando um apartamento no mesmo edifício da Serena. Georgina praticamente se oferece pra morar com ele, já que é praticamente seu braço direito.


O que não consigo entender, é como um homem consegue rejeitar esta mulher perfeita!!!
E ainda dizer que tem trauma da Geor-gina dela. Dan... Pelo amor né meu rei? Tu é palerma mesmo!!!

Chair vai até a casa da S chamá-la para o plano do nm, eles a veem com seu closet todo desmontado e ela diz que está o arrumando [Não é bem isso né S? =/].


Blair então pede para a S chamar a Ivy de volta e ela faz isso, dizendo que quer se reconectar com ela. 

Ivy aceita e viaja rapidinho dos Hamptons para o UES.


Nate (figurante) continua sendo usado como brinquedinho do Bart Bass. Porém, ele trai o Bart estando envolvido no esquema da Blair e do Chuck, fazendo ele acreditar que a Ivy fez cópias das evidências.


Chuck, Blair e Serena chamam a Ivy para um esquema, que consiste em derrubar o Bart. Ivy teme, mas eles deixam claro que ela não fará isso sozinha.


Mas como Bart não é burro nem nada, ele não acredita e manda prenderem o Nate [Juro que não fiquei com dó, nem abalado.].
E Nate recebe de presente, através de sua namorada Sage, a visita de seu querido pai.



Serena e Chuck vão para a penthouse dos van der Woodsen/Bass, e lá estão Dan e Bart praticamente tomando um chá com biscoitos, deixando claro que Dan era o novo pupilo do Bart.


Serena está mais do que desapontada com o Dan e não quer saber dele.


Chuck e Bart continuam no seu duelo de palavras de "Eu sou melhor que você".


Blair está em sua casa com a Ivy. Esta que diz que também fez um pacto com seu novo amor, que Blair pensa ser Rufus, mas Ivy diz que não é, mas que não pode revelar [Adorei o "Como se eu estivesse interessada." da Blair.].


Por fim, Chuck e Bart mais uma vez duelando, mas dessa vez, Bart deixando claro que não vai cooperar. Bart diz que se Chuck não for embora naquela noite para Moscou, ele vai infernizar sua amada Blair, seu best friend forever Nate e sua querida mamãe Lily para sempre.

 
Chuck decide ir, para poupar á todos os seus queridos, e se despede da Blair com um beijo caliente.
 
Uma das imagens mais legais do episódio: o mural de b*tches da Blair.

 
Blair reúne as mais vadias e manipuladoras iniamigas disponíveis no momento: Georgina, Ivy, Sage e Serena. Que mesmo odiando (ou não) umas as outras, não dispensam e adoram um bom esquema e uma boa armação.
 Serena diz: "...Por que a Georgina está aqui?" e toma na face com a resposta da Georgina em algo como "Você não pode montar um grande esquema sem a rainha da conspiração."


Não posso deixar de dizer que depois da Jenny Humphrey, essas duas são minha paixão. ♥

 
E então as bitches invadem a festa de premiação e honras de homem do ano do nosso ilustre Bart Bass.

 
Gente, que demais essas v@dias manipuladoras e mentirosas todas juntas contra uma só pessoa. Não tinha como não afetarem o alvo estando todas juntas [OBS: Só eu que achei que era a Jenny quem deveria estar no lugar da Sage? Deixo a Juliet in memorian.].





E então, todas elas começam uma a uma a infernizar o Bart Bass, cada uma com um tipo de trunfo na mão. Elas chegam a deixar o senhor Bass estressado. Principalmente Georgina e Ivy.


O mais interessante aqui, é mencionar que apesar de tudo, e de quase todos estarem c@gando de medo para o Bart, a Georgina não demonstrou sequer UM PINGO de medo do mesmo. O olhando e falando da mesma forma como fala com todos, com aquele G Power sabe!? Essa é minha garota! ♥


Serena ainda não quer saber do Dan, e ele, praticamente a implora para não ir embora para Los Angeles, fato que ele descobriu que iria ocorrer através do Bart.
[Serena, sério. O Dan não te merece, vá ficar com o Carter Baizen.].


Bart puxa a Blair pra conversar no privado, tudo para que ela veja que o avião onde seu pobre Chuck estava, o jatinho dos Bass, havia misteriosamente se acidentado. Sendo deixada com o sínico dizer do Bart: "Espero que não seja o avião em que o Chuck estava.".

 
Blair fica simplesmente desolada e acabada.


É hora do discurso de honras ao Bart Bass, mas surpreendentemente ele chama o Chuck no lugar.
Mas tem um grande foiler aí: Detesto o Dan desde o início, mas como assim ele diz que Chuck Bass é sua inspiração????????????? Achei isso EXTREMAMENTE FORÇADO E CHUCKISTA. Seria a mesma coisa que a Georgina dizer que quer ser a Serena.

 
 
 Todos ficam pasmos com a decisão de Dan, com a aparição repentina de Chuck (principalmente Blair) e também com o que o Chuck diz em seu pequeno discurso.


Chuck revela em frente de toda a gala e elite de New York que seu querido pai lhe colocou em um avião para morrer. [E sabia que o Chuck seria esperto o bastante para não cair nessa do avião.]


Bart simplesmente humilha os Archibald, como se não tivesse tido um tipo de amizade com eles.


Blair, através do Dan descobre que a Serena está para ir embora naquela noite e implora para que a Serena não a deixe, que ela consegue superar a fase Dan. Mas Serena não considera a possibilidade e se vai. Blair fica com a sensação de ter perdido os dois amores da sua vida em um dia, se bem que um ela recuperou.


Georgina fala com as meninas que gostou do esquema e que elas deveriam fazer isso mais vezes.
[Curti muito finalmente ver a Georgina com foco.]


Blair procura por Chuck e Ivy e Georgina lhe dizem que ele pegou o elevador.


Nate, humilhado e acabado, é consolado por sua girlfriend, que ao contrário dele, tem um cérebro e lhe induz a voltar a caçar a Gossip Girl para salvar o Spectator, já que agora não tinha nada a perder.


Dan, inutilmente, mais uma vez tenta pedir encarecidamente que Serena fique, revelando que vai morar perto dela. Mesmo com toda a amabilidade do garoto, S decide ir embora.
[Achei certíssima a atitude dela de dar as costas pra ele mas não assim! Não por ele, mas por todos nós... Não deve ter sido só eu que sentiu um frio na barriga ou uma imensa tristeza de ver nossa amada it girl indo embora de Manhattan.]


Chuck e Bart... Sozinhos, se odiando, lá em cima do edifício. Bart diz que sempre tentou transformar chuck num homem mas nunca conseguiu, Chuck revida dizendo que um homem não faz as coisas que o Bart faz com a família.
[Finalmente concordei com algo que o Chuck disse para o Bart nesta temporada.]


Bart tentando nitidamente empurrar Chuck para a queda, é golpeado com um soco na face desferido pelo filho, e numa tentativa retardada de empurrá-lo novamente, ele é quem cai e fica por uma sorte bem estranha, pendurado segurando numa barra de ferro do local.
[Gente, eu fiquei tenso demais com essa cena!!! Eu sabia que ia ocorrer, mas não sabia que ia ser tão assim!]


Bart IMPLORA para que Chuck o salve, e Chuck apenas diz que tudo o que Bart diz é mentira, e ao lado de Blair que acabara de chegar, deixa seu pai cair, não mostrando um pingo de sentimento, apenas olhando á espera do momento fatal.
Tá aí, das duas uma: Chuck realmente não tem mais motivos para ter o pai em sua vida. Porém, é aí que Chuck mostra quem sempre foi: frio e calculista, não o herói que tentaram mostrar nas ultimas temporadas, o que achei particularmente ridículo, pois os únicos realmente bonzinhos na história foram o Nate, o Eric e o Rufus.

 
E as ultimas palavras foram "to be continued...", que nos levará direto ao ultimo episódio da série.
Tenho spoilers sobre o 6x10 "New York, I Love You XOXO", mas como sei que muita gente não lê spoilers, não falarei nada.

Apesar de tudo, não achei que o episódio foi digno de ser o penúltimo de uma série. Parecia ser um ótimo capítulo do meio de uma temporada.
Achava e ainda acho que por ser a ultima temporada e por ter um número de episódios bem reduzidos, a história deveria ter sido mais bem aproveitada. Trazer Sage e Steve para ser o foco da primeira metade da temporada foi um lástima e uma crueldade com os fãs. Deixar tudo e todos envolvidos com as Bass Industries foi outra desgraça e grande tédio para quem queria ver o desenrolar e desenvolver da história dos nossos personagens.
Apenas Dan se salvou do processo dos Bass, mas acabou envolvido agora. Sobrou até pra Ivy, Georgina e Sage... Mas né.

Espero sinceramente que o series finale seja EXCELENTE, pois poderiam ter feito tanta coisa positiva: Serena no início da temporada drogada como antes aprontando com a G e o Damien; Ivy tentando reconquistar o Nate e o coração da Lily (pois a Ivy que nos mostraram tinha um coração bom, não que era uma vilã besta), Jenny e Eric de volta para um causar o inferno na vida dos UES e o outro para manter a paz; Vanessa de volta para trazer o Dan para o lado bom (eu a detesto, mas ela sempre foi uma boa amiga para o Dan), e ainda acho irrelevante o William van der Woodsen e acho muito tosco terem tirado três integrantes da família Rhodes: Cece, Carol e Lola.

E agora... final feliz para Chair... ou tristezas eternas?
Não tô ligando muito para os dois pra falar a verdade, quero é ver Jenny, Eric e Juliet e como será o fim da Serena, e quaisquer personagens antigos que voltem. Sem mencionar Ivy, Georgina e o casal sensação Rufus e Lily.

Abraços.
F.







Um comentário :

  1. Eu não assisti ainda, mas adorei ficar sabendo sobre o penúltimo episódio. Pelo que vi - espero estar errada - mas tomara que não me decepcione o último episódio. Foi uma série incrível e chegar a esse ponto, sem um final maravilhoso. É um pouco decepcionante.

    ResponderExcluir